NotasNOTA: Reforma da Previdência é um ataque aos mais...

NOTA: Reforma da Previdência é um ataque aos mais pobres

NOTA DE REPÚDIO

A Diretoria Colegiada do Sindiscose repudia a aprovação em primeiro turno da reforma da previdência na câmara dos deputados, o texto aprovado coloca condições que na prática retiram o direito das aposentadorias. Também manifestamos, em particular, repúdio ao posicionamento dos parlamentares do Estado de Sergipe: Bosco Costa (PL), Fábio Mitidieri (PSD), Fábio Reis (MDB), Gustinho Ribeiro (Solidariedade) e Laércio Oliveira (PP).

Os deputados citados se posicionaram de forma contundente contra os trabalhadores e trabalhadoras, tanto do setor público quanto do regime privado, ficando ao lado do setor financeiro e rentista, retirando a segurança futura de milhões de brasileiros.

A proposta de Bolsonaro e Paulo Guedes pretende economizar 1 trilhão de reais, sendo que aproximadamente 90% destes virão justamente dos mais pobres, o que desmente a campanha do governo de que a reforma da Previdência cortaria privilégios.

A batalha não terminou, pois a luta dos trabalhadores por seus direitos deve ser permanente. Ainda estão previstas mais três votações no Congresso Nacional, neste período continuaremos com diversas atividades para reverter esta atrocidade. Contamos com os servidores dos Conselhos e Ordens de fiscalização profissional para realizarmos a pressão necessária e impedirmos a destruição de um dos pilares da seguridade social brasileira.

Aracaju, 12 de julho de 2019

Diretoria Colegiada

 

CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA SERVIDORES DO CREFITO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO A Diretoria Colegiada do Sindicato dos Servidores em Conselhos e Ordens de Fiscalização Profissional e Entidades Coligadas...

Sindiscose convoca trabalhadores dos Conselhos para Ato Fora Bolsonaro

O Brasil precisa de vacina, trabalho e comida, é preciso mobilizar o povo para o caminho para o impeachment!

Sindiscose e CREA-SE celebram acordo coletivo de trabalho para 2021

Direitos assegurados e novas conquistas alcançadas pelos servidores, refletem o resultado do diálogo entre o Crea-SE e o Sindiscose.

OAB aciona STF contra estabilidade de celetistas da seccional do Rio de Janeiro

A OAB alega que esse entendimento sobre estabilidade contraria o estatuto (Lei federal 8.906/1994) e adota critério equivocado de interpretação de dispositivos do regimento interno da seccional.

Câmara acaba com piso salarial de engenheiros, arquitetos e outras categorias

Agora, os conselhos federais dessas categorias se mobilizam para reverter a medida no Senado e cogitam até mesmo judicializar a questão.

Nova Diretoria e Conselho Fiscal toma posse no Sindiscose

Nova gestão tem início em 01 de setembro de 2021 para um mandato de três anos.